Qual método anticoncepcional devo usar?

A escolha do método anticoncepcional deve ser individualizada e feita de comum acordo entre o casal e o médico.

Sempre devem ser consideradas as vantagens e os possíveis efeitos adversos de cada método.

A existência de complicações clínicas tem que ser observada e pode servir como contra-indicação para determinados tipos de contraceptivos.

De uma maneira geral existem os seguintes métodos anticoncepcionais:
- comportamental (tabelinha, temperatura corpórea basal, coito interrompido, amamentação): possuem baixa eficácia quando comparados às outras modalidades, porém não apresentam contra-indicações;


- barreira (diafragma, camisinha masculina e feminina): os preservativos são os únicos métodos que, se utilizados corretamente, são eficazes na prevenção da gestação e na transmissão das doenças sexualmente transmissíveis;


- hormonais (pílula, implante, anel vaginal, adesivo): o seu uso deve ser invidualizado, levando viagra belgique em consideração as queixas da paciente, seu peso e doenças pregressas ou atuais;


- dispositivos intra-uterinos (DIU com cobre ou progesterona): método eficaz que não pode ser utilizado em pacientes com malformação uterina,


- métodos definitivos (ligadura tubárea e vasectomia): devem ser considerados como opção definitiva apesar da possibilidade de reversão da cirurgia.

Dr. Paulo Chinen